Notícia

Quatro passos para criar uma cultura sem medo na empresa

Companhia americana adota medidas que ajudam a aumentar a confiança entre funcionários e gestores

Repense os seus cargos e títulos: Se você é um diretor, vice-presidente ou um executivo do nível C (CEO, CFO etc), saiba que só a menção do cargo já incute por si só o medo naqueles que se reportam a você, levando as pessoas a compartilharem informações de forma seletiva. Quando as pessoas só falam o que pensam que você quer ouvir, acaba perdendo uma grande quantidade de opiniões e ideias importantes. E acaba ficando blindado da verdade, item mais do que necessário para qualquer empresa prosperar, melhorar e alcançar seus objetivos. A melhor maneira para contornar esta situação, segundo Aaron Skonnard, CEO da Pluralsight, é repensando estes títulos. Por isso, a empresa decidiu implementar um conjunto de títulos internos simples, projetados para evidenciar o papel de cada pessoa ao invés de transmitir uma posição de autoridade. Além disso, os funcionários foram capacitados para escolher um título apropriado para seu cartão de visita, que possa ser entendido e compartilhado no mercado. Assim, com os nomes de cargos menos pomposos, elimina-se o fator de intimidação logo de cara, mesmo com os novos contratados.

Cena do filme ‘Sucesso a qualquer preço’, estrelado por Al Pacino, Jack Lemmon, Kevin Spacey e Alec Baldwinonde ,a equipe é pressionada a atingir o ápice com vendas recordes e sofrem com a ameaça da perda de seu emprego
Medo, o “bicho-papão” da produtividade nas empresas.

Busque sempre a verdade: O medo impede que as pessoas digam o que realmente estão pensando. Na hora de dar sua opinião, pensam mais em agradar do que propor soluções para os problemas. Assim, a equipe de liderança acaba tendo uma visão distorcida do que realmente está acontecendo no negócio. Segundo Skonnard, na Pluraksigh, a verdade é a prioridade. É tarefa de todos na empresa buscá-la constantemente e tentar melhorar as coisas, o que exige um feedback sincero e que as pessoas não tenham medo de se expor.

Limitar o número de regras. Muitas regras refletem pouca confiança. Quando você realmente confia em sua equipe, não é necessário ter tantas regras. Confiança elimina o medo e faz com que os funcionários se sintam bem em relação à empresa e à equipe de liderança. Na Pluralsight, há apenas duas regras básicas: ser gentil, cortês e respeitoso com os colegas de trabalho e agir de acordo com o interesse da empresas. “Essas regras simples estão nos ajudando a repensar outras políticas, para saber lidar com segurança com os desafios”, afirma Skonnard.

Meça sistemas, não as pessoas. W. Edwards Deming propôs uma teoria para medir o desempenho dos sistemas, e não as pessoas, para ajudar a eliminar o medo das organizações. Ele aconselhou que fossem eliminadas as cotas numéricas para a força do trabalho, bem como metas numéricas para a gestão. Na Pluralsight, a filosofia foi aplicada na equipe de vendas, eliminando as comissões. Por este conceito — para alguns, controverso —, não se pode ter uma cultura de melhora contínua se as pessoas têm medo de sofrer graves consequências financeiras, como resultado de seu desempenho individual. A ideia é que esta mentalidade incentive a inovação, já que os profissionais se livram da pressão por resultados, melhorando o comportamento e desempenho em geral, que acaba se traduzindo em avanços para as equipes e para a empresa no longo prazo. Além disso, ao invés da avaliação de desempenho anual, começaram a ter conversas informais frequentes entre liderança e equipe, com foco na melhoria contínua, e não apenas no desempenho.

Acesse:  Mercado do RH | http://bit.ly/2f6ZGix

Compartilhe esta notícia

  • Nossa Missão

    “Exercer, fundamentada nos princípios e valores éticos, as atividades na área de nossa competência, e prover soluções geradoras de valor que contribuam para o desenvolvimento humano das empresas na sociedade”.

Contato

  • Endereço Av. Sete de Setembro, 4995 - Batel Curitiba l Paraná | 80240-001

  • Telefone 55 41 3072-0017

  • E-mail secretaria@ulrh.com.br

  • Grupo BBM | WhatsApp 41 987477799